Imagem de Paz!

Imagem de Paz!
Foto da cachoeira do Sahy, Mangaratiba, RJ

domingo, 10 de janeiro de 2010

Em que consiste a nossa vitória?


“A nossa vitória não consiste nas glórias de conquistas humanas e, sim, na morte definitiva para o pecado e para o mundo”.

A Entrada Triunfal de Jesus em Jerusalém – Mt. 21, 6-11

“Indo os discípulos e tendo feito como Jesus lhes ordenara, trouxeram a jumenta e o jumentinho. Então, puseram em cima deles as suas vestes, e sobre elas Jesus montou. E a maior parte da multidão estendeu as suas vestes pelo caminho, e outros cortavam ramos de árvores, espalhando-os pela estrada. E as multidões, tanto as que o precediam como as que o seguiam, clamavam: HOSANA AO FILHO DE DAVI! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas maiores alturas! E entrando ele em Jerusalém, toda a cidade se alvoroçou, e perguntavam: Quem é este? E as multidões clamavam: Este é o profeta Jesus, de Nazaré da Galiléia!”

A entrada de Jesus de forma triunfal em Jerusalém é, aparentemente, o clímax de seu ministério terreno. Muitos, erradamente pensaram que ali, Jesus seria recebido oficialmente em Jerusalém como profeta e herdeiro ao trono em cumprimento à profecia. Os seus próprios discípulos estavam felizes com a recepção e, muitos como Judas o Scariotes, tentavam se aproveitar do momento para aparecer ao lado de Jesus. É bom ser visto com pessoas importantes!

Durante todo o percurso entre o Monte das Oliveiras e a Cidade, muitos pensaram que estava sendo proclamado o reinado terreno do Messias. Aparentemente, aquela era a melhor hora para a nação tomar posse das promessas de Deus e reivindicar o trono para o verdadeiro descendente de Davi.

Entretanto, enganaram-se aqueles que visualizavam tal episódio como o auge da vida ministerial de Cristo, pois nesse evento, Jesus começava a caminhar para a sua morte oficial.

Ali foi o começo do fim!

Diante dessa afirmação, venho trazer a seguinte proposição:

Em que consistia a vitória de Jesus Cristo?

Jesus, ao entrar triunfalmente em Jerusalém, contrariou todas as perspectivas de alguns dos seus mais entusiasmados seguidores;

Jesus não estava interessado em mostrar sua popularidade;
Ele não estava pensando em assumir de assalto e nem pelo voto popular o Reino de Israel;

Jesus não estava sendo seduzido pela fama, como alguns de nossos maiores líderes religiosos ou outros nem tão grandes assim se deixam levar pelas “glórias dos homens”.

É verdade que o povo o aclamava, com palavras doces, mas ele não se deixou seduzir por elas, pois sua mente estava firmada num objetivo só: Cumprir a vontade do Pai.

A vitória de Cristo consistiu em chegar ao topo!



Não ao topo do mundo, nem da fama, mas do monte onde seria pendurado no topo de uma cruz.

A vitória de Cristo consistiu em cumprir fielmente tudo o que o pai predeterminou para Ele, incluindo ali, todas as tentações, todas as acusações, humilhações e espancamentos, todo o sofrimento até que ao final Ele exclamasse: Está consumado!

Missão cumprida!

A vitória de Cristo consistiu em sua morte, sabe por quê?

1) Mt. 27.52 “abriram-se os sepulcros, e muitos corpos de santos, que dormiam, ressuscitaram;"

Sua morte foi a causa da ressurreição de muitos santos e continua sendo a causa da nossa ressurreição, pois estávamos mortos em nossos pecados.

Em que consiste a nossa vitória?

Há no meio evangélico contemporâneo um entendimento errado da vitória do crente em Cristo Jesus.

Muitos têm declarado em seus púlpitos que Deus nos garante a vitória em todas as áreas e, incentivados por “campanhas” que mais parecem “sacrifícios de tolos”, como outrora denunciados pelo profeta Isaías, arrebatam para suas igrejas milhares de almas e para suas contas bancárias, milhões em dinheiros.
Alguns desses Profetas do próprio ventre acusa a Jesus de cumplicidade, pois afirmam que Jesus andou de jumento zerinho metaforizando os carros de última geração, e outros vão ainda mais longe, já não mais querem apenas carros, fazem campanhas agora para a aquisição de aviões, pois não podem perder tempo nos aeroportos. Misericórdia!

Esses tais estão “entrando triunfalmente”
Só que já deixaram Jesus prá trás, eles é que se veem como os vitoriosos.

Amados, a nossa vitória não consiste no sucesso terreno, ainda que ele possa acontecer, fruto de seus estudos e esforços seculares, mas isso não deve ser atribuído à sua caminhada de fé, pois os que não têm Jesus também estão alcançando muito sucesso na vida. E o que dizer dos milhares de crentes que vivem em condições precárias e sub-humanas, vivendo com salários mínimos. Esses coitados não são vitoriosos em Cristo?

A nossa vitória não está em andarmos de carro do ano, termos excelentes salários, andarmos ao lado de gente influente da igreja, da política ou da sociedade.

A nossa vitória consiste em cumprir o plano de Deus, seguindo fielmente os passos de Jesus Cristo que, “morrendo”, deu vida a muitos.


Devemos, tal como Ele, morrer para esse mundo e para o pecado!

A nossa vitória consiste em atentar para o que está escrito nas Escrituras sobre combater e sofrer pela fé.
O apóstolo Paulo escrevendo ao jovem pastor Timóteo diz:
“Tu, pois, filho meu, fortifica-te na graça que está em Cristo Jesus. E o que de minha parte ouviste através de muitas testemunhas, isso mesmo transmite a homens fiéis e também idôneos para instruir a outros. Participa dos meus sofrimentos como bom soldado de Cristo Jesus. Nenhum soldado em serviço se envolve em negócios desta vida, porque o objetivo é satisfazer àquele que o arregimentou.
(...) Lembra-te de Jesus Cristo, ressuscitado de entre os mortos, descendentes de Davi, segundo o meu evangelho; pelo qual estou SOFRENDO até algemas, como malfeitor; contudo a Palavra de Deus não está algemada. Por esta razão, TUDO SUPORTO por causa dos eleitos, para que também eles obtenham a salvação que está em Cristo Jesus, com ETERNA GLÓRIA. Fiel é esta palavra:
“Se já MORREMOS com Ele, também VIVEREMOS COM ELE; se perseveramos, também com Ele REINAREMOS; se o negamos, Ele, por sua vez, nos negará; Se somos infiéis, ele permanece fiel, pois de maneira nenhuma maneira pode negar-se a si mesmo. (2Tm. 2,1-4,8-13)

Tem gente usando a FIDELIDADE de Deus em proveito próprio, esquecendo-se que Deus é FIEL para SI MESMO e cumprirá tudo o que sua Palavra revela sobre abençoar e amaldiçoar, dar vida e a morte, fazer o bem e o mal para todos os homens.


Deus é fiel para cumprir o que diz sobre não dividir sua glória com ninguém!


Portanto, cuidado em como você tem andado triunfalmente com Cristo.

Como está escrito em Romanos 6,1-11: “Que diremos pois? Permaneceremos no pecado, para que seja a graça mais abundante? De modo nenhum! Como viveremos ainda no pecado, nós os que para ele morremos? Ou porventura, ignorais que todos nós que fomos batizados em Cristo Jesus fomos batizado na sua morte? Fomos, pois, sepultados com Ele na morte pelo batismo; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos pela glória do Pai, assim também andemos em NOVIDADE de vida. Porque, se fomos unidos com Ele na semelhança da sua morte, certamente, o seremos também na semelhança da sua ressurreição, sabendo isto, que foi crucificado com Ele o nosso velho homem, para que o corpo do pecado seja destruído, e não sirvamos o pecado como escravos. Porquanto quem morreu está justificado do pecado. Ora se já morremos com Cristo, cremos que também com Ele viveremos, sabedores de que, havendo Cristo ressuscitado dentre os mortos, já não morre; a morte já não tem domínio sobre Ele. Pois, quanto a ter morrido, de uma vez para sempre morreu para o pecado, mas , quanto a viver, vive para Deus. Assim também vós considerai-vos MORTOS para o pecado, mas VIVOS para Deus, em Cristo Jesus.

“ A nossa vitória não consiste nas glórias de conquistas humanas e, sim, na morte definitiva para o pecado e para o mundo.”


2 comentários:

  1. Graça e paz!
    Vim conhecer seu Blog e quero te parabenizar pela bênção que pude ver aqui.
    Já estou seguindo.
    Venha dar a honra de sua visita no PASTORAGENTE.BLOGSPOT.COM e, se quiser seguí-lo, vai ser uma alegria para mim.
    Lá eu exponho da forma mais realista e divertida possível as situações, dúvidas e experiências de uma simples pastora como eu.
    Fique na paz e um 2010 abençoado para você e toda sua família.
    Abração!!!

    ResponderExcluir
  2. Olá, shalom!
    Quero parabeniza-lo pelo blog e pelos textos edificantes da palavra de Deus.
    Aproveito para convidar-te a comer um pouco do maná em www.comendomana.blogspot.com
    Lá vc encontrará estudos e esboços para uma boa pregação e aprendizagem.
    Que Deus abençoe sua vida e seu ministério!
    Abraços
    Myllena Carneiro

    ResponderExcluir

Este comentário não é de responsabilidade do autor do texto, não refletindo a sua opinião.